[facebook]

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Relembre: Fluminense 2 x 1 Cerro Porteño. Copa Sul Americana 2009

Por FLUnômeno —

  • 11:46

    Gum comemorando o gol de empate, no fim. Foto: Divulgação
    Depois de vencer o Atlético PR por 2 x 1, pelo Campeonato Brasileiro, chegou a hora do Fluminense voltar a Copa Sul Americana, onde enfrentaria novamente a equipe do Cerro Porteño. No jogo de ida, o Tricolor acabou vencendo fora de casa por 1 x 0. A vantagem do empate então era do Tricolor das Laranjeiras. A torcida voltou a fazer uma linda festa no Maracanã. O problema é que o Cerro abriu o placar logo no começo do jogo, o que dificultou um pouco as coisas. Mesmo com o baque de ter levado o gol logo cedo, o Fluminense pressionou bastante, criando inúmeras oportunidades, graças a força recebida pela torcida nas arquibancadas.

    O Fluminense desperdiçou inúmeras chances, além do goleiro deles, que agarrou tudo quanto foi bola. A torcida não teve outra opção a não ser apelar para os Céus! Nas arquibancadas a torcida começou a cantar A Benção João de Deus, lá pelos 35 minutos do segundo tempo em diante. Parece que deu certo! Quase dez minutos depois, o empate veio com o zagueiro Gum. Assim sendo, o Fluminense já estava classificado. O time paraguaio, desesperado, então partiu para cima com tudo. No último lance da partida, Alan marcou o gol da virada após baque do goleiro. Assistam abaixo.


    FLUMINENSE 2 x 1 CERRO PORTEÑO. Dia 18 de Novembro de 2009
    Gols: Cáceres, 6'/1ºT (1-0); Gum, 47'/2ºT (1-1), Alan, 49'/2ºT)

    FLUMINENSE: Rafael, Gum, Digão (Carlos Eduardo, 23'/2ºT) e Dalton; Mariano, Diogo, Diguinho, Conca e Marquinho (Adeílson, 35'/2ºT); Maicon (Alan, 32'/1ºT) e Fred. Técnico: Cuca.

    CERRO PORTEÑO: Barreto, Irrazábal, Hérner, Torrén (Piris, 28'/2ºT) e Cardozo; Cáceres, Brítez, Villarreal e Recalde (Ortiz, 25'/2ºT); Ramírez (Nuñez, 14'/2ºT) e Nanni. Técnico: Pedro Troglio.

    Fonte da Súmula: Alexandre Magno Barreto Berwanger (RSSSF Brazil).