[facebook]

sábado, 1 de abril de 2017

Conheça as 5 maiores mentiras contadas por aqueles que só querem difamar o Fluminense

Por FLUnômeno —

  • 13:49


    Olá pessoal, aproveitei a ocasião do dia 1° de Abril (conhecido como Dia da Mentira) para desmentir as cinco maiores mentiras que vemos de rivais (e pessoas que odeiam o Fluminense) bocejam por aí. Eu sei que existem outras inúmeras mentiras que inventam sobre o nosso amado clube, mas acho que estas citadas aqui estão de bom tamanho. Caso você não tinha informações suficientes sobre estes fatos, agora você tem argumento para mostrar para seus amigos a verdade dos fatos.

    Vivemos em um mundo onde as pessoas preferem REPETIR a mentira do que pesquisar a verdade! Hoje em dia temos mecanismos de busca como Google e tantos outros, que podem nos ajudar em muito a pesquisar sobre estes fatos. Agilizando o trabalho de vocês, coloquei algumas informações sobre essas mentiras, que são muito famosas principalmente em Redes Sociais, mas também são disseminadas por muitos mal informados (repetidores) em escolas, faculdades, e outros locais. Sem delongas, vamos começar?!

    Ah, mas antes de começar, pedimos a você que se ainda não curtiu nossa página no Facebook, curta para fortalecer nosso trabalho. Também temos um perfil no Twitter, e no Google+. Cada curtida, like e seguidor fortalece ainda mais nosso trabalho, que é em prol do Fluminense, o time que amamos. Vamos lá então.

    5° LUGAR: Fluminense nunca teve Estádio

    Foto: Divulgação (Fonte na foto)

    Hoje podemos dizer que não temos estádio, já que perdemos muito espaço no Estádio das Laranjeiras. Geralmente quem conta essa mentira são flamenguistas, que nunca tiveram um Estádio próprio, e utilizam o o argumento de que o Flu também nunca teve, de forma de amenizar sua própria vergonha. Mas o Estádio Manoel Schwartz foi o local do primeiro título da Seleção Brasileira, que atualmente é Penta Campeã Mundial.

    Atualmente a diretoria do Fluminense vem trabalhando para a construção de um NOVO Estádio, e segundo informações já divulgadas aqui no blog, o projeto de construção pode começar já no fim de 2017.

    4° LUGAR: Fluminense não tem título internacional

    Carlos Alberto Torres com a Taça do Torneio de Paris (Acervo Fluminense FC/Divulgação)

    Eu já falei e repito: título internacional não se resume à Copa Libertadores e Copa Sul americana. O Fluminense já disputou diversas partidas na Europa,  e já ganhou alguns títulos por lá, além da Copa Rio, considerado como nosso Mundial, em 1952. E nestes torneios com a qual o Fluminense já foi campeão já foram disputados por grandes equipes, como Real Madrid, Barcelona, e outros. Ou seja, não eram "torneios de bairro", a coisa era bem séria.

    Devido a globalização talvez, ou como o futebol anda hoje, acho muito difícil novos torneios serem disputados nesta época na Europa como eram nos anos 80.

    Já a Copa Rio, há um prazo para ser oficializado pela FIFA como intercontinental ainda em 2017.

    3° LUGAR: Fluminense pagou a Lusa

    Gol salvador de Samuel, no final do jogo com Bahia (3 pontos que fizeram a diferença dias depois)
    Foto: Nelson Perez - Fluminense FC (Divulgação)

    Isso aconteceu no final de 2013. O Fluminense teve uma terrível partida contra o Bahia, pela última rodada. Através de Samuel, o clube acabou vencendo de virada o time baiano, mas acabou rebaixado. Porém, dias depois acabou se safando do rebaixamento graças ao descumprimento do regulamento dos times Flamengo e Portuguesa. A imprensa esportiva nunca tratou o Fluminense como inocente, apesar de que existem mais indícios de que foi o Flamengo que provavelmente pagou a Lusa para não ser rebaixado.

    Anos depois, o Ministério Público acabou encerrando o caso por "falta de provas", mesmo declarando algum tempo atrás saber até o valor pago para os dirigentes da Lusa escalarem o jogador irregular, que foi pivô da história toda. Os blogs Aqipossa e AntiFlamenguista apontaram alguns importantes indícios que apontavam o Flamengo como principal responsável, as quais apesar de ser bem claros, NUNCA foram sequer expostos pela mídia esportiva brasileira. O Tricolor Coronel Paúl também escreveu um livro sobre o caso, que foi ignorado pela mídia esportiva brasileira.

    Como o Fluminense poderia ter pago a Portuguesa que se antes deveria vencer o Bahia?! Porque não pagou o Bahia também?! Pelo menos, o gol de Samuel manteve o Flu na Série A em 2014.

    2° LUGAR: Fluminense perdeu para a Lagartense

    Foto: Reprodução

    Fazendo uma rápida pesquisa no Google (ou outros mecanismos de pesquisa), facilmente você se depará com a imagem acima. É impressionante o número de sites e blogs que vivem disseminando esta mentira, sem ao menos, procurar então tentar (pelo menos) confirmar a informação (histórica). A pessoa que criou esta súmula fez provavelmente por brincadeira, meme: basta ver os nomes das pessoas envolvidas na súmula: Galo Cego, Tarzan, Michael Jackson, etc.

    Fluminense e Lagartense NUNCA se enfrentam pela Terceira Divisão, apenas pela Copa do Brasil, e na ocasião, o Tricolor das Laranjeiras venceu AMBAS as partidas.

    1° LUGAR: Eurico subiu o Fluminense

    Sandro Hiroshi tinha adulterado a sua idade, e isso causou uma grande confusão (Foto: Divulgação)

    Esta talvez é a MENTIRA MAIS CONTADA por pessoas que difamam o Fluminense, e querem diminuir sua História. Para alguns, ele é considerado como "Rei do Tapetão" ou coisas similares. Após vencer a Terceira Divisão em 1999, o Fluminense teria direito a disputar a Segunda Divisão em 2000, mas porque ele não disputou?!

    Simples, porque NÃO HOUVE Campeonato Brasileiro em 2000. Muitos não eram nem nascidos, ou nem acompanharam o caso na época, mas nós explicamos para vocês. O Botafogo seria o rebaixado naquele campeonato, e usou a irregularidade de Sandro Hiroshi para subir no tapetão. Isso acabou, na época, rebaixando o Gama (Brasília), que entrou na Justiça comum. A partir disso, um NOVO CAMPEONATO foi formado, e o Fluminense foi convidado a participar do Módulo equivalente a primeira divisão. Vários times da Série B (e o Botafogo, que foi rebaixado) acabaram entrando neste módulo, como o Bahia.

    O Fluminense ficou no Módulo da Série A (mais difícil), e ficou em terceiro lugar. Lembrando que neste ano, não houve divisões: elas foram divididas em módulos. O Fluminense acabou enfrentando um time do Módulo B, e acabou sendo eliminado por ele (São Caetano), no Maracanã. Só para lembrar que o Fluminense NUNCA "virou a mesa". Aqui no blog, inclusive, já fizemos um post chamado Quando foi que o Fluminense virou a mesa?!