domingo, 25 de novembro de 2018

Atual gestão faz o Fluminense amargar grande prejuízo nas arquibancadas

Por FLUnômeno —

  • 12:10

    Foto: Nelson Perez - FFC - Divulgação.
    Uma coisa é certa: a gestão Abad/Flusócio conseguiu definitivamente afastar a torcida do Fluminense nos estádios: sejam por conta do elenco fraco que montam, das promessas em campanhas não cumpridas, pela crise nos bastidores, e principalmente, pelo marketing fraco, fraco como a atual gestão. Ele não incentiva o torcedor a vir para o Maracanã acompanhar o Fluminense. Por conta dos altos custos operacionais de jogar lá (acho isso um absurdo), o Fluminense já conseguiu acumular uma gorda dívida por conta de prejuízos nas arquibancadas. Até o momento, um valor próximo à quase R$4 milhões (veja abaixo). E lembrando: este valor é válido apenas pelo Campeonato Brasileiro.

    Foto: Reprodução
    O engraçado é que algumas pessoas querem colocar a culpa de todos estes prejuízos na conta da torcida. Opa, calma aí: não foi nós que prometemos um Fluminense forte (e não "água de salsicha")?! Não foi a torcida que disse que as contas estariam equacionadas e, por causa disso, o Tricolor iria montar um time forte, para depois começar com a campanha de "austeridade financeira". Montam um elenco que não consegue nem ao menos ganhar um campeonato regional, com um monte de pessoas vindo de Série B de Campeonato Paulista e outros, e querem o quê?! Enquanto alguns desses assistem o jogo no camarote, vão e voltam nos seus carros (ou de Uber), o povão encara horas e mais horas para ir e voltar para casa e, muitas vezes, decepcionado com atitude da equipe.

    A culpa é da atual gestão, sim! Onde está a Libertadores que Abad prometeu?! E o estádio?! E o time forte e competitivo para ser favorito no campeonato brasileiro?! E uma patrocinadora master?! Desde que a Unimed saiu, o Fluminense só luta para não cair. Quando o Cruzeiro montou um time forte, um ex conselheiro do clube ironizou a atitude da equipe mineira, afirmando que uma hora "a conta ia chegar". E chegou mesmo: montou um time bom (caro), ganhou 2 Copas do Brasil, e com as premiações pagou os jogadores e ainda sobrou. Visto porque a diretoria do Cruzeiro ENTENDE DE FUTEBOL e a diretoria do Fluminense da Flusócio, NÃO! E só para lembrar para vocês: a queda para a Terceira divisão em 1998 começou com uma política de austeridade financeira.

    Um grupo político que foi criado nas arquibancadas que hoje é odiado pelas mesmas arquibancadas. Se o Impeachment não acontecer, 2019 será o último ano desse grupelho nas Laranjeiras... E vocês, o que acham disso?! Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

    Aproveite e saiba também TUDO sobre o Fluminense seguindo nossas redes sociais.


    Apoie também a Flunômeno com R$1 por mês ou mais

    Apoia.se - https://apoia.se/flunomeno

    Acesse TODOS OS DIAS www.flunomeno.com, coloque o endereço nos seus favoritos e visite nosso blog de hora em hora para ficar informado com notícias do Fluminense e tudo sobre nosso querido Fluzão.
    [SeedTag Afiliado] [Findad Afiliado]