[facebook]

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Fluminense volta a vencer, e goleia Avaí por 3 x 0 fora de casa

Por FLUnômeno —

  • 23:51

    Mascarenhas comemora o gol (junto de Reginaldo). Foto: TV Globo (Reprodução).

    Depois do clássico contra o Flamengo, o Fluminense tinha o Avaí, atual lanterna do Campeonato Brasileiro, como adversário em mais uma rodada do Campeonato Brasileiro.

    O time jogou muito bem e não teve dificuldade alguma para vencer a partida, sempre procurando ser ofensivo em todos os momentos. O Fluminense abriu o placar com Henrique Dourado, artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro e, junto de Fred, o maior goleador do Brasil. Este gol foi, inclusive, inusitado: o goleiro do Avaí se atrapalhou com domínio da bola, e com pressão, o Ceifador driblou o goleiro e mandou pro fundo das redes! Fluminense 1 x 0. No lance seguinte, o Avaí quase empata, mas a defesa do Fluminense intercepta. Alguns poucos minutos depois, após jogada de escanteio, Maicon faz gol contra, ampliando assim a vantagem do Fluminense no duelo. O Fluminense pressionou o time catarinense como pode no fim do primeiro tempo, e poderia até ter marcado mais gols. Veio o segundo tempo, e o Fluminense chega ao terceiro gol com o GOLAÇO de Marquinhos Calazans! Engraçado que horas antes da partida postamos aqui no blog uma matéria sobre o garoto na base do Fluminense, e ele acabou marcando. Após jogada, o lateral esquerdo manda um balaço de fora da área que, desviado no jogador do Avaí, engana o goleiro. Este foi o primeiro gol da carreira do garoto do Fluminense pelos profissionais.

    Com o resultado, o Fluminense volta a vencer no Campeonato Brasileiro, voltando ao G6, com 14 pontos. O próximo adversário do Tricolor será o São Paulo, também fora de casa. Esperamos que o Fluminense possa continuar na mesma pegada e vencer. Isso também foi importante porque após 14 jogos, voltamos a vencer sem levar gols!

    FLUMINENSE 3 X 0 AVAÍ. Dia 21 de Junho de 2017
    Gols: Henrique Dourado, Mascarenhas; Maicon (contra)

    FLUMINENSE: Júlio César; Renato, Reginaldo, Henrique, Mascarenhas (Léo Péle); Mateus Norton, Orejuela, Gustavo Scarpa; Richarlison, Marquinhos Calazans (Lucas Fernandes), Henrique Dourado (Marquinhos). Técnico: Abel Braga.

    AVAÍ: Maurício Kozlinski; Maicon (Leandro Silva), Betão, Gustavo, Capa; Luan, Judson (Pedro Castro), Marquinhos (Willians), Juan; Romulo, Joel. Técnico: Claudinei Oliveira.