quinta-feira, 13 de maio de 2021

Caso Miguel: a treta pode ser maior do que se imaginava

Por FLUnômeno —

  • 11:14

    Foto: Lucas Merçon - FFC - Divulgação

    Parece mesmo que o Vasco é o dono de 30% dos direitos econômicos do jogador da qual, seu pai e empresário, nem sabia disso. Ele ameaçou denunciar Fluminense x Vasco por conta disso. Segundo o Uol, houve sim um acordo entre Fluminense e Vasco (em 2017), onde o Fluminense cederia 30% dos seus direitos ao rival. 

    Quem confirma isso é Álvaro Miranda, que foi gerente da base do Vasco. Sobre isso, ele comentou:

    "Confirmo. Inclusive tenho esse documento em cópia. O pai, porque queria aumento, pediu a liberação. Como tínhamos contrato de formação em vigor rigorosamente em dia, não liberamos. Mais para frente recebi ligação do Marcelo Teixeira [ex-diretor de base do Flu]. Na época tínhamos acordo entre os clubes formadores que ninguém poderia pegar jogador de outra agremiação com contrato em vigor. Então, falei que só liberaria mediante algum percentual para o Vasco como clube formador, e aí firmamos de 30% para o Vasco e 70% para o Flu"

    O problema está aí. O pai de Miguel, que também é advogado, diz que esse contrato não tem base legal. O próprio Álvaro Miranda discorda da interpretação legal do pai do jogador. Especialistas ouvidos pelo Uol também explicaram que não houve ilegalidade no negócio entre Fluminense x Vasco.

    Agora eu te pergunto: POR QUÊ o Fluminense cederia 30% dos direitos de um jogador a um rival? Qual foi o propósito disso?! Eu nunca vi isso na minha vida. O próprio Fluminense já explicou ao Uol que realmente houve esse acordo (70% ao Flu, 30% ao Vasco e 10% ao jogador), mas por quê então no Portal da Transparência (que era para ser transparente) apontam 90% ao Fluminense.

    E vocês, o que acham disso?! Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

    Fonte: Uol.

    Gosta de Games?! Acesse nosso site de games em https://www.reidosgames.com/

    Aproveite e saiba também TUDO sobre o Fluminense seguindo nossas redes sociais.


    Propostas comerciais pelo e-mail: flunomeno@flunomeno.com 

    SE INSCREVA NO NOSSO GRUPO NO FACEBOOK - Clique Aqui.

    Acesse TODOS OS DIAS www.flunomeno.com, coloque o endereço nos seus favoritos e visite nosso blog de hora em hora para ficar informado com notícias do Fluminense e tudo sobre nosso querido Fluzão.