quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Covardia de torcedores rivais com Pedro Scudi completa 2 anos

Por FLUnômeno —

  • 21:51

    Scudi voltando para casa em 2017. Foto: Divulgação.
    Chegamos a noticiar o fato na ocasião, há dois anos atrás. Torcedor do Fluminense e membro da torcida organizada Bravo 52, Pedro Scudi foi covardemente agredido por torcedores de uma torcida organizada do Vasco da Gama. Passou 157 dias em coma no Hospital até poder voltar para casa. Atualmente tem feito fisioterapia para evoluir em sua locomoção.

    Chegamos a publicar também que  os agressores covardes de Scudi foram presos pela Polícia. Eles foram acusados por tentativa de homicídio triplamente qualificado (impossibilidade de defesa, motivo torpe e forma cruel), associação criminosa e promoção de tumulto em eventos esportivos. De acordo com o Lance!, Diogo Gabriel de Souza e João Victor Correia Giffoni Hygino foram acusados pelo crime. João Victor segue preso e Diogo Gabriel segue foragido. 

    Enquanto isso, Scudi luta pela vida para retomar a rotina normal que tinha. 

    Aproveite e saiba também TUDO sobre o Fluminense seguindo nossas redes sociais.

    Youtube - https://www.youtube.com/channel/UCjW26i7X_UDWD8uou-SdImw

    Acesse TODOS OS DIAS www.flunomeno.com, coloque o endereço nos seus favoritos e visite nosso blog de hora em hora para ficar informado com notícias do Fluminense e tudo sobre nosso querido Fluzão.


    [SeedTag Afiliado] [Findad Afiliado]