quinta-feira, 17 de maio de 2018

Cinco dirigentes pedem demissão de seus cargos no Fluminense

Por FLUnômeno —

  • 21:49

    Foto: Divulgação.
    Isso foi publicado no portal Globoesporte. Segundo informações, cinco (de 11) vice presidentes deixaram a gestão do atual presidente Pedro Abad. Todos faziam parte da Unido e Forte. Conforme divulgou o Globoesporte: O vice-presidente geral, Cacá Cardoso, o vice financeiro, Diogo Bueno, o vice jurídico, Michel Pachá, o vice de marketing, Idel Halfen, e o vice de governança, Sandor Hagen, renunciaram seus cargos. A decisão foi tomada após uma reunião.

    Caso ninguém saiba, a Unido e Forte é uma união dos grupos Flu 2050 e Por Amor ao Fluminense, MR21 e Esperança Tricolor. Assim sendo, Abad agora só recebe apoio da Flusócio, FluBase e do grupo que defende os Esportes Olímpicos. Com isso, o presidente do Fluminense fica cada vez mais pressionado e sua gestão prova ser uma das mais incompetentes. E vocês, o que acham disso?! Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

    Fonte: Globoesporte.

    Aproveite e saiba também TUDO sobre o Fluminense seguindo nossas redes sociais.

    Youtube - https://www.youtube.com/channel/UCjW26i7X_UDWD8uou-SdImw

    Acesse TODOS OS DIAS www.flunomeno.com, coloque o endereço nos seus favoritos e visite nosso blog de hora em hora para ficar informado com notícias do Fluminense e tudo sobre nosso querido Fluzão.