[facebook]

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Marquinho diz que clube só informou dispensa após divulgação da nota e faz revelações

Por FLUnômeno —

  • 15:20

    Foto: Nelson Perez - Fluminense FC (Divulgação)
    Lembram-se da barca do Fluminense?! Então, em entrevista ao portal Netflu, o meia Marquinho (um dos jogadores que não fará mais parte do clube em 2018) explicou que só recebeu a notícia da dispensa por um cunhado, sendo que o Fluminense SEQUER procurou o jogador. Confira o que ele disse.
    "No dia que eles soltaram a nota sobre a rescisão (lista de dispensa), enviaram a nota de manhã e ligaram às três da tarde. Como eu estava preparando pra viajar, nem acompanhei nada de notícia. Foi meu cunhado que me falou que tinha saído uma nota, mas não falei nada. Fiquei esperando alguém me chamar, liguei para o meu representante e ele disse que ninguém havia falado com ele. De tarde, me ligou o Marcelo Teixeira para falar sobre isso, que o clube estava querendo fazer a rescisão contratual e que era para nos encontrarmos na outra semana para fazermos a rescisão(...) Isso não confere pra mim. Quem me ligou foi o Marcelo Teixeira apenas e ficaram de fazer uma reunião nessa próxima semana. O ruim é que não foi uma coisa avisada com antecedência. Se chegassem e dissessem: “Marquinho, você não está nos planos. Você faz a preparação e recuperação até maio e, no meio do ano, a gente tenta te negociar”, beleza. Isso pode até dar ação trabalhista. Sabem que não vou fazer isso porque gosto muito do Fluminense. Mas eu estou machucado, o cara está querendo a minha rescisão e botou pra Deus e o mundo ver. Acaba até me desvalorizando"

    O próprio portal perguntou a versão do Fluminense sobre o assunto, veja o que o clube respondeu:
    "Todos os atletas foram comunicados antes de a nota ir ao ar. O diretor esportivo de futebol de base Marcelo Teixeira ligou para o meia Marquinho e o comunicou sobre a decisão da diretoria. Como o empresário dele estava fora do país no fim do ano, ficou acordada uma reunião no início de janeiro para fazer um acordo amigável"

    E vocês, o que acham disso?! Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

    Fonte: Netflu.