[facebook]

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Nova lutadora do UFC menciona episódio de traição no Fluminense

Por FLUnômeno —

  • 15:37

    Foto: Reprodução Chamada UFC.
    Dificilmente acompanho o UFC, maior torneio de artes marciais mistas do mundo. Desde algum tempo há uma divisão feminina, e uma ex jogadora do Fluminense acabou de ser contratada. Trata-se de Priscila Cachoeira, que atuou no Vôlei do Fluminense por um tempo. Em entrevista ao site MMA Fighting, a lutadora contou sobre duras adversidades que sofreu na vida, além de um episódio de traição no vôlei do Fluminense. Confira o que ela disse.
    "Eu fui maltratada pelo meu pai, que disse que eu não era filha dele. Ele fez coisas para me machucar e ainda assim eu tinha ele como ídolo. Eu joguei vôlei pelo Fluminense e fui traída. Fui retirada do time. No meio disso, eu ainda fui abusada pelo meu cunhado e flagrei meu namorado me traindo. Depois disso, eu comecei a ir para festas todos os dias e encontrei pessoas que usavam drogas. Minha vida mudou. Deixei os estudos e o esporte de lado e comecei a dormir de dia e festejar à noite. Comecei a usar loló, maconha, cocaína e crack. As drogas estavam saindo de mim pelo meu suor. Tive recaídas e até usei drogas de novo, admito, mas minha vontade era maior. Quando percebi que tinha talento para lutar, decidi fazer algo para mim. Há dois anos, decidi que eu seria lutadora em três anos. Meu irmão riu de mim, disse que eu não sabia nem socar. E agora, dois anos depois, estou aqui "

    E vocês, o que acham disso?! Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

    Fonte: Explosão Tricolor