[facebook]

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Conmebol nega existência da Copa Rio como Mundial?!

Por FLUnômeno —

  • 15:14

    Foto: Lucas Merçon - Fluminense FC (Divulgação).
    E será que isso é verdade?! Caso você não saiba, a Copa Rio foi um torneio promovido pela CBD com o objetivo principal de atrair o público brasileiro novamente ao futebol, já que eles já estavam frustados depois do vice do Brasil na Copa do Mundo de 1950, para o Uruguai. A competição teve duas edições: a primeira acabou sendo vencida pelo Palmeiras, em 1951. O Fluminense venceu a segunda edição sobre o Corinthians e busca atualmente regularizar o título na FIFA.

    Então a Conmebol acabou organizando a Libertadores da América, nos anos seguintes, e foi criada uma Copa chamada Euro América: em jogo único, o campeão da Libertadores enfrentaria o campeão da Liga dos Campeões. No começo, a decisão eram em dois jogos de ida e volta. Tanto times brasileiros como equipes da Europa não se interessavam mais pelo torneio, e então a Toyota adquiriu os direitos do torneio, nascendo assim a Copa Toyota. Como o Flamengo acabou disputando a Copa Toyota em 1981 contra o Liverpool, a Globo denominou o torneio como "Mundial". Alguns anos atrás, a emissora voltou com a mesma tática quando o Flamengo disputou um torneio intercontinental de basquete, e eles titularam o Flamengo como campeão mundial de basquete, sem ao menos a equipe disputar um duelo contra o campeão da NBA, maior torneio de basquete do mundo. Algum tempo depois o time "campeão mundial" de basquete do Flamengo fez uma visita para uma série de amistosos contra equipes medianas da NBA, e PERDEU TODOS os jogos.

    Cartaz do jogo entre Flamengo x Liverpool (1981): NÃO HÁ NENHUMA MENÇÃO A MUNDIAL.
    Sobre o Mundial, a FIFA só reconheceu os torneios de 2000 (vencidos pelo Corinthians) e nas edições posteriores em 2005 em diante. Outros torneios foram considerados como INTERCONTINENTAIS. Além do mais, uma disputa contra o campeão de dois países não pode ser considerada mundial. Porém, a mídia brasileira (Flapress) quer mostrar a todo custo que o Flamengo é campeão mundial.



    Recordes de jornais da época já davam o Fluminense como CAMPEÃO MUNDIAL, mas a atual mídia esportiva brasileira (Flapress) prefere esconder o assunto. Reprodução.
    Tudo isso começou com uma publicação do blog Cosme Rimoli, onde o vice-chefe do setor de comunicações da Conmebol, Julian Ariel Ramírez, afirma que a FIFA nunca mandou qualquer relatório que os intercontinentais não são mundiais, e quem ganhou os intercontinentais são campeões do mundo. Confira.
    "A Fifa nunca mandou qualquer memorando, relatório ou aviso que os Intercontinentais não são Mundiais. Tudo não passou de boatos, especulação da imprensa. Quem ganhou os Intercontinentais são campeões do mundo. E recebem esse tratamento pela Conmebol. Se esta recomendação de que não fossem reconhecidos existisse, ela já teria chegado a nós há anos. E nunca veio. E não virá. A história já foi escrita."
    Segundo a opinião dele, então QUALQUER um que vencer um Intercontinental pode se tornar campeão mundial. Aqui no blog já mostramos em uma matéria que há algumas equipes que foram campeãs de Intercontinental e também podem pedir a FIFA que regularize esta situação, além de Palmeiras e Fluminense.

    Mas a Flapress não está aí pra falar bem do Fluminense! O correto com esta declaração seria então declarar Fluminense e Palmeiras como campeão mundial, correto?! Mas eles estão mais ocupados em tentar "provar" que o Flamengo é campeão mundial, mesmo com não oficialização da FIFA, do que te informar corretamente sobre os fatos.

    Segundo publicado pela Flapress (em matéria com base na declaração do dirigente da Conmebol no blog do Cosme Rimoli) , a opinião dele responde pela organização inteira. E mesmo o dirigente dizendo no blog do Cosme Rimoli sobre os intercontinentais, os títulos da Copa Rio NÃO ENTRAM NA LISTA dos intercontinentais. Como assim?! As Copas Rio não são consideradas intercontinentais?! Além do mais, ambas disputas eram um TORNEIO e não um jogo único.

    Na "postagem original" (fonte) no blog do Cosme Rimoli NÃO HÁ nenhuma referência sobre a Conmebol "desprezar" a Copa Rio. Isso obviamente acabou acrescentado na matéria da Flapress, usando a declaração no blog para vender notícia.

    Concluindo: a Conmebol NÃO se manifestou oficialmente sobre o assunto. Isso foi a OPINIÃO de um dirigente de lá. Além do mais, quem realmente determina isso é a FIFA e não a Conmebol. Isso é a mesma coisa que a FERJ (que organiza o futebol do Rio de Janeiro), por exemplo, querer declarar o Bonsucesso (por exemplo) como Campeão Brasileiro, sendo quem organiza isso é a CBF.

    OBS: quando cito "Flapress", cito alguns veículos de imprensa, e NÃO o blog do Cosme Rimoli. A citação do blog foi usada apenas para mostrar de onde partiu a informação usada pela Flapress.

    O que vocês acham disso?! Deixe sua opinião nos comentários.