[facebook]

terça-feira, 2 de maio de 2017

Apenas três vezes um time derrotado no primeiro jogo da final do Carioca conseguiu reverter a vantagem

Por FLUnômeno —

  • 12:39

    Goleiro Kleber, comemorando o gol de Antônio Carlos (2005). Foto: Reprodução TV (Globo).
    A fórmula do Campeonato Carioca nunca foi mesmo de priorizar uma final com dois times para definir o Campeonato, a não ser em ocasiões especiais, ou em jogos desempate. E quando isso acontecia, dificilmente a final era decidida em dois ou mais jogos. Hoje, o regulamento permite isso. Como vocês sabem, o Fluminense chegou a final do Estadual, e acabou derrotado por 1 x 0 no primeiro jogo. Precisa vencer por dois ou mais gols de diferença sobre o rival, para conseguir o título.

    Meus concorrentes mostraram que a última vez que um clube derrotado no primeiro jogo da final que conseguiu ser campeão foi o Fluminense, em 2005. Nós, do Blog Flunômeno, inciamos uma pesquisa e fomos muito mais além. Procuramos em todas as possíveis finais do Campeonato Carioca quem se deu mal por perder no primeiro jogo, mas que conseguiu dar a volta olímpica no jogo seguinte. Vamos lá?!

    O nosso rival acabou levando a melhor em duas ocasiões, onde perdeu o primeiro jogo, e conseguiu reverter a vantagem. Já o Fluminense, acabou sendo derrotado em 2005 no primeiro jogo, e conseguiu a extrordinária virada. Segundo a História do Campeonato Carioca, apenas três vezes quem perdeu o primeiro jogo da decisão acabou sendo campeão no final.

    FINAL DO CARIOCA DE 1981 (ROUBADA): até hoje não consegui entender esse regulamento "complexo", que acabou dando o título descaradamente ao Flamengo. Vasco e Flamengo fizeram três jogos na final. Nos dois primeiros, o rival cruzmaltino venceu o Flamengo (um por 2 x 0, e outro, por 1 x 0). O Vasco, porém, acaba derrotado no terceiro jogo, por 2 x 1, e acaba SENDO VICE mesmo ganhando os dois jogos anteriores. Se juntassem o placar agregado, o jogo seria 4 x 2 pro Vasco, mas mesmo assim o título acabou ficando com o Flamengo, que eu não entendi até hoje o porque disso.

    FINAL DO CARIOCA DE 2001: Vasco (que tinha um timaço) pegaria o Flamengo, pela decisão de título, e buscando também uma vingança, já que tinha perdido pro seu rival na final dos dois anos anteriores. O Vasco venceu o Flamengo por 2 x 1, no dia 20 de Maio de 2001. Eles tiveram a mesma vantagem do Flamengo contra o Fluminense em 2017. Porém, o Flamengo conseguiu reverter a vantagem, vencendo o rival por 3 x 1, no dia 27 de Maio.

    FINAL DO CARIOCA DE 2005: era a primeira passagem de Abel como treinador do Fluminense. Após bater o Flamengo (na despedida de Zinho) por 4 x 1, e faturar sobre o freguês em finais a Taça Rio, o Fluminense pegaria a sensação do momento, o Volta Redonda, que tinha Túlio Maravilha como astro principal. O Fluminense acaba perdendo pro Volta Redonda no primeiro jogo, por 4 x 3. No jogo seguinte, precisava vencer por dois gols de diferença (assim como em 2017!).

    O Volta Redonda abre o placar, mas o Tricolor empata com Tuta no final do primeiro tempo. Durante toda a segunda etapa, o Fluminense pressionou. A virada veio com Marcão. A partida se encaminhava aos pênaltis, quando Leandro Guerreiro faz lançamento da intermediária, na cabeça do zagueiro Antônio Carlos, que de costas, consegue marcar o gol salvador no último minuto da partida.

    Conclusão: time o Fluminense tem para vencer o Flamengo por dois gols de diferença, e faturar este título. Espero que a torcida continue apoiando a equipe, pois se a equipe se impor dentro de campo, a vitória é nossa!