[facebook]

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Fluminense empata com o Flamengo em 1 x 1 pelo Campeonato Brasileiro

Por FLUnômeno —

  • 19:00

    Foto: Mailson Santana - Fluminense FC (Divulgação).
    Por causa dos jogos da seleção para as Eliminatórias da Copa do Mundo, o Campeonato Brasileiro teve uma leve pausa, que foi suficiente para Abel Braga preparar a equipe para o restante da temporada. Então depois de dez dias de treino, a espera do torcedor finalmente terminou, e podemos acompanhar novamente nosso amado Fluminense na competição. O adversário é o rival Flamengo, que atualmente não tem feito uma boa temporada, já que vem de derrota para a Ponte Preta, e também amargou o vice da Copa do Brasil para o Cruzeiro, onde Thiago Neves, ex Fluminense, provocou o rival.

    Para o Fluminense, a vitória seria importantíssima, já que o clube está a uma posição da Zona de Rebaixamento. O jogo teve um bom público no Maracanã, e acho que pode servir como "prévia" para a decisão das quartas de final da Copa Sul Americana, já no fim do mês. Também tivemos o retorno do zagueiro Gum, totalmente recuperado, e que faz sua primeira partida na temporada. E Abel também inovou: esqueceu o maldito esquema de três volantes, que estava incomodando muito a torcida, e também que não estava dando certo. 

    No começo, o Fluminense iniciou tomando a iniciativa contra o Flamengo. Antes dos cinco minutos, Scarpa chuta de fora da área, para a boa defesa do goleiro adversário. Poucos minutos depois, o Fluminense quase marca com Marcos Júnior. O jogo foi muito pegado, com ambas equipes lutando por cada bola. Antes do fim da partida, o rival começou a ser mais incisivo e teve mais chances de marcar. Aos 32 minutos, Cavalieri rebateu bola perigosa. Depois disso, o Flamengo por pouco não marca, chegando em três jogadas em sequência, mas que foi muito bem defendido pela defesa do Fluminense.

    Talvez pela condição física (este é seu primeiro jogo na temporada) Gum acabou pedindo para sair antes do término do primeiro tempo, e Abel Braga colocou Nogueira no seu lugar, no fim da primeira etapa. No último lance da partida, o Fluminense quase marca com Henrique Dourado, mas a bola acabou sendo defendida pelo goleiro adversário. A primeira etapa então terminou sem gols.


    Veio o segundo tempo. Scarpa começou a passar mal no começo da segunda etapa, mas preferiu continuar para ajudar a equipe. O Fluminense abre o placar logo nos primeiros minutos, com Pará (contra) chamando pro seu próprio patrimônio! A jogada aconteceu quando Henrique Dourado cruzou fechado para Gustavo Scarpa na área. Mas o lateral do Flamengo foi cortar, e acabou mandando pro fundo das redes. Fluminense 1 x 0. O técnico do Flamengo então mexeu na equipe, colocando o atacante Guerrero, que provavelmente nem jogaria pelo Flamengo, por atuar pela seleção Peruana nesta semana. Aos 15 minutos, Guerrero quase marca pro Flamengo, mandando a bola de cabeça para fora.

    Marcos Junior pediu para sair e Abel substituiu por Romarinho. Em desvantagem no placar, o Flamengo começou a pressionar o Fluminense durante boa parte da segunda etapa, procurando o empate. Assim como a primeira etapa, o jogo foi muito pegado, com ambos os jogadores disputando tudo de si em cada bola. O Flamengo chega ao empate em falta, com zagueiro Réver. Aos 31 minutos, a defesa do Fluminense falha, e por pouco, Everton não vira a partida. Romarinho dá a resposta em uma meia bicicleta, mas a bola indo pra fora. Na sua última substituíção, Abel Braga coloca Peu, no lugar de Gustavo Scarpa.

    Apesar do jogo pegado, no fim ele acabou empatado novamente, agora em 1 x 1. Com o resultado, o Fluminense vai para os 32 pontos, e fica em 15º lugar.


    FLAMENGO 1 x 1 FLUMINENSE. Dia 12 de Outubro de 2012
    Gols: Pará (contra) (8 min 2°T), Revér (24 min 2°T).

    FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Reginaldo, Gum (Nogueira); Marlon, Richard, Douglas, Sornoza, Gustavo Scarpa (Peu); Marcos Júnior (Romarinho), Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

    FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei (Paolo Guerrero), Réver, Juan, Pará; Romulo (William Arão), Márcio Araújo (Trauco), Éverton Ribeiro; Berrío, Lucas Paquetá, Evérton. Técnico: Reinaldo Rueda.