[facebook]

sábado, 26 de agosto de 2017

Fluminense perde para o Vasco e quebra sequência de pequena invencibilidade

Por FLUnômeno —

  • 17:58

    Foto: Mailson Santana - Fluminense FC (Divulgação).
    Depois de vencer o Atlético MG por 2 x 1, o Fluminense agora teria o Vasco como próximo adversário. O Fluminense não perde há seis jogos na temporada (cinco pelo Campeonato Brasileiro, mais um pela Copa Sul Americana) e pegaria o rival em situação oposta: não vencendo há cinco jogos, e ameaçado pela Zona de Rebaixamento.

    Antes da partida a torcida tricolor provocou a torcida do Vasco em ruas próximas ao Maracanã, local da partida. Apoiados pela torcida, o Fluminense não acabou tendo grandes oportunidades de gol na primeira etapa. Aos 31 minutos, Lucas perde a bola, que sobra para Ramon, que chuta da ponta da entrada da área, e o goleiro Júlio César aceitou. Vasco 1 x 0. A torcida fez seu papel, e começou a incentivar a equipe em uma virada. A torcida do vasco, com vantagem no placar, começou a ofender a torcida do Fluminense. O Fluminense não jogou NADA na primeira etapa, e acabou 1 x 0 para o Vasco.


    Veio o segundo tempo. O rival começou a segunda etapa jogando melhor que o Flu. E quase marcou logo no começo da partida! Nenê quis esculachar a marcar de calcanhar, mas Gustavo Scarpa salva o segundo gol do Vasco. Alguns poucos minutos depois, em jogada embolada na área no Tricolor, a bola sobra para Nenê, que (felizmente) chutou para fora. No decorrer da segunda etapa, o Vasco abusou de oportunidades perdidas na cara do gol do Fluminense. Abel então decidiu colocar Romarinho (que veio do Globo-RN) em campo, mas não adiantou nada.

    Com o resultado (péssimo), o Fluminense segue sem ganhar nenhum clássico no Campeonato Brasileiro. Agora é lamentar...

    FLUMINENSE 0 x 1 VASCO. Dia 26 de Agosto de 2017
    Gol: Ramon (31 min 1°T).

    FLUMINENSE: Júlio César; Lucas (Matheus Alessandro), Renato Chaves, Henrique, Léo Pelé; Orejuela, Marlon Freitas (Peu), Wendel (Romarinho), Gustavo Scarpa; Welligton Silva, Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

    VASCO: Martín Silva; Gilberto (Madson), Breno, Anderson Martins, Ramon; Jean, Welligton, Wagner (Guilherme), Nenê (Paulinho), Mateus Vital, Andrés Ríos. Técnico: Valdir.