[facebook]

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Arbitragem decide jogo para Goiás, e Flu perde por 2 x 1

Por FLUnômeno —

  • 23:35

    Arbitro Goiano expulsa Diego Cavalieri (Foto: Reprodução Sportv)
    Fluminense e Goiás fizeram a primeira partida da Quarta fase da Copa do Brasil, em jogo realizado no Serra Dourada. O Fluminense veio com a proposta de marcar gol fora de casa, para conseguir grande vantagem no jogo da volta. 

    Logo no primeiro minuto do 1° tempo, Henrique Dourado perde uma chance incrível de marcar. Após jogada na área, o Ceifador fica sozinho com o goleiro, a poucos centímetros do gol. Ele acaba capando a bola, e reclamando de pênalti (que na minha opinião, não foi). Aos 7 minutos, Marcos Junior quase marca perto do gol, mas seu chute é bloqueado pela defesa do Goiás. Aos 9 minutos, o Fluminense abre o placar com Marcos Junior, após receber pelo passe de Welligton Silva, após jogada individual. O carequinha do Flu não desperdiça a chance, bate cruzado, e abre o placar.

    Logo após o gol, Henrique Dourado sente uma fisgada na coxa, e acaba sendo substituido pelo jovem Pedro. O maior momento de perigo do Goiás no primeiro tempo acabou com Tiago Luis, que chuta de fora de area e quase surpreende Cavalieiri. A bola acabou indo pra fora. O goleirão do Fluminense acaba também sendo expulso direto no fim do primeiro tempo (40 minutos), quando sai da área para impedir o ataque do time do Goiás, e acaba atingindo o jogador Carlos, do time esmeraldino. Nesse momento, Abel decidiu tirar Sornoza para deixar o goleiro Júlio César em campo.

    Veio o segundo tempo. Com menos um em campo, e com o melhor meio campo fora do jogo, será que o Fluminense aguentará a pressão?! Aos 16 minutos da segunda etapa, Abel coloca Marquinhos Calazans no lugar de Marcos Junior. No fim da partida, após segurar a pressão, o Fluminense chegou a esboçar uma reação. Aos 38 o Fluminense cede o empate, com um chutaço de quase de meio de campo de Jean Carlos. O árbitro goiano, além de expulsar Cavalieri direto, ainda por cima marca um PÊNALTI INEXISTENTE contra o Fluminense, dois minutos depois. O árbitro PREJUDICOU O FLUMINENSE, e o Goiás vira de pênalti contra o Fluminense.

    O Goiás ainda tem um expulso no fim da partida, e o Fluminense ainda desperdiça uma grande oportunidade de pelo menos empatar a partida, mas não evita a primeira derrota (com time titular no ano). Mais uma vez o Fluminense acaba derrotado com ajuda da arbitragem. Agora é lotar o Maracanã e vencer o duelo contra o (fraco) time do Goiás. Lastimável essa arbitragem brasileira!!!