[facebook]

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Flamengo se DEU MAL na maioria das vezes que decidiu COM VANTAGEM em casa na Copa Sul Americana

Por FLUnômeno —

  • 12:55

    Foto: Gilvan Souza - Divulgação, Flamengo
    Pessoal, o Flamengo não é um bicho de sete cabeças na Copa Sul Americana não! Além do Fluminense ter todas as condições possíveis de conseguir a inédita vitória e grande classificação na noite de hoje, ele não tem um bom retrospecto jogando de mandante não. Na maioria das vezes que jogou como mandante veio pro Rio de Janeiro com a vantagem, e acabou perdendo vexatóriamente no jogo diante da sua torcida. Vamos relembrar.

    Copa Sul Americana 2004: após um empate sem gols na Vila Belmiro, o Flamengo jogava diante da sua torcida, no Raulino de Oliveira. O time paulista acabou abrindo o placar, acabou ainda cedendo a virada para o Flamengo, mas no fim, Deivid, acabou marcando o gol de empate santista. No fim das contas, o Santos eliminou o Flamengo nas cobranças de pênalti.

    Copa Sul Americana 2009: como já mostramos aqui no blog, o Fluminense acabou eliminando o Flamengo, que assim como em 2017, decidia o jogo em casa. Foram dois empates: 0 x 0 e 1 x 1. Na ocasião, o Fluminense vivia fase ruim.

    Copa Sul Americana 2016: após eliminar o Figueirense, o Flamengo acaba sendo eliminado para o desconhecido Palestino (Chile). Assim como o jogo contra o Fluminense, o rival venceu seu adversário fora de casa por 1 x 0. No jogo de volta, o Palestino venceu o Flamengo por 2 x 0 e eliminou o Flamengo diante de sua torcida.

    Apenas em 2011, quando venceu o Atlético PR nas duas partidas por 1 x 0. E em 2017, quando conseguiu a vantagem ao bater o carrasco Palestino (de 2016). Considerando apenas as partidas em que o Flamengo DECIDIU como mandante, e com a vantagem. Porque se isso não considerasse, poderíamos colocar outros vexames maiores aqui neste post.