[facebook]

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Contratações de 2015 e 2016 deixaram o Flu na situação financeira atual

Por FLUnômeno —

  • 19:02

    Osvaldo, uma das contratações que não deram certo no Fluminense.
    Foto: Nelson Perez - Fluminense FC (Divulgação).
    Quem revela isso é o vice presidente de finanças do clube, Diogo Bueno. Como vocês sabem, o Fluminense passa por uma grave crise financeira. Segundo o dirigente tricolor, o principal responsável pela atual situação do clube foram as contratações feitas em 2015 e 2016. Confira o que ele disse.

    "O clube fez contratação equivocadas nos anos de 2015 e 2016. É o grande motivo. E a utilização dos recursos de receitas extraordinárias de maneira equivocada nesse período. O Fluminense nunca esteve confortável nesses anos. Tem uma diferença: a primeira pessoa, na cadeira da presidência do clube, que tenta mudar isso é o presidente Pedro Abad. Ele está tomando medidas necessárias. Não posso contratar, não contrata. É o primeiro presidente que, no jargão, não empurra com a barriga. É uma mudança de perfil. É uma grande preservação da instituição"

    Ainda, segundo o dirigente, só a partir de Julho de 2018 que o Fluminense terá tranquilidade nas finanças!

    "A gente fez um planejamento que, a partir de julho de 2018, começaremos a ter mais tranquilidade e a sentir os reflexos das tomadas de decisões de agora. Isso tem sido dito aos diferentes credores, eles precisam entender essa dificuldade. O maior retrato disso é a previsão do déficit orçamentário. Estamos conversando com os credores e as instituições financeiras. Mostramos o nosso problema e o nosso planejamento. Até agora, temos tido o maior respeito de todos os nossos parceiros. Ganhamos voto de confiança. O que nos deixa muito engradecidos. É o reconhecimento da grandeza do clube"

    Bem, acho que o Fluminense precisa urgentemente de um patrocinador master, o que ajudaria bastante no caixa tricolor. Torçamos para que essa fase difícil passe, e o Fluminense possa conseguir criar times cada vez mais competitivos para a disputa dos torneios.

    Fonte: Netflu.