[facebook]

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Vezes que Eurico se deu mal por provocar Fluminense

Por FLUnômeno —

  • 21:14


    Para desgosto de Eurico, Fluminense elimina Vasco em São Januário. Foto: Reprodução TV Globo (2000/Divulgação)
    Não é de hoje que Eurico Miranda, dirigente do Vasco, gosta de provocar o Fluminense. Muitos acreditam, inclusive, que o atual mandatário do rival vascaíno foi o principal responsável por "subir" o Fluminense a Série A do Campeonato Brasileiro em 2000. Em nosso blog já criamos um post chamado Mentiras contadas por aqueles que querem difamar o Fluminense, que desmente com louvor toda essas mentiras. Para maiores informações, também já explanamos o caso Sandro Hiroshi por aqui.

    Acho que vocês já estão cansados de ouvirem provocações de Eurico ao time do Fluminense. Principalmente quando o Fluminense é derrotado em clássico (geralmente quando o jogo não vale título) nós vemos o presidente cruz-maltino provocando o Fluminense. Separei aqui duas ocasiões em que ele se deu mal por provocar o clube. Vejam.

    COPA DO BRASIL 2000
    "O time do Fluminense continua jogando nada. O time do Fluminense não joga nada"


    Ano 2000. O Vasco tinha um dos times mais lendários de sua História, e seria campeão brasileiro naquele mesmo ano. Sua base tinha levado o Vasco a final da Copa Toyota diante do Real Madrid, além do Campeonato Brasileiro nos anos anteriores. Por outro lado, o Fluminense vinha do momento mais crítico de toda a sua história: o iminente rebaixamento a Série C (Terceira Divisão) do Campeonato Brasileiro. Estávamos nesta época nos reconstruindo da pior fase de nossa História, e pegaríamos o Vasco com um dos melhores elencos dos últimos anos.

    O Fluminense já tinha vencido o Vasco naquele ano, pelo Campeonato Carioca. Eurico Miranda tinha admitido MULTAR os jogadores do cruzmaltino em caso de nova derrota para o Fluminense. Também houve provocações quando o Vasco vencia o Fluminense em 1999. O fato do jogo ser decidido em São Januário, aumentou ainda mais o favoritismo vascaíno. Como vocês podem ver, o Tricolor das Laranjeiras acabou eliminando o rival em São Januário, calando a boca do dirigente vascaíno, que tinha um super time na época, e acabou eliminado em casa diante do Tricolor das Laranjeiras!

    REBAIXAMENTO 2015
    "Eu disse e repito: O Vasco ganha do Fluminense no asfalto, em qualquer lugar"


    Era o primeiro turno do Campeonato Brasileiro 2015, e o Vasco tinha acabado de voltar da Série B no ano anterior (2014). O Fluminense anunciaria naquele jogo a contratação de Ronaldinho Gaúcho. Porém, o Tricolor das Laranjeiras acabou sendo derrotado pelo Vasco na ocasião, por 2 x 1. O então presidente do Vasco não poupou palavras depois da partida (conforme vídeo acima). Mas como vocês sabem, o time de Eurico Miranda desta vez não era aquela mesma "potência" do ano 2000, e acabou caindo na tabela, sendo ameaçado com mais um rebaixamento. Naquele mesmo ano, o Vasco tinha um aproveitamento incrível diante dos rivais, eliminando inclusive o Flamengo na Copa do Brasil, e conquistando sobre o Botafogo o título do Campeonato Carioca.

    Desesperado, o Vasco tinha achado uma luz no fim do túnel ao enfrentar (na visão deles) o "freguês". Uma vitória aumentaria as chances do rival escapar da série B. O Fluminense também não vinha bem em clássicos naquele ano. Mas clássico é clássico! O rival cruzmaltino não tinha perdido para os rivais naquele ano. Com gol de Gerson, o Fluminense venceu o Vasco por 1  x 0, e praticamente acabou rebaixando o rival. Ué?! Não precisavam da vitória, porque não venceram desta vez?! Eurico não disse nada após aquele jogo. Com isso, o Fluminense acabou sendo o principal responsável pelo Tri rebaixamento do rival.

    Para finalizar esta matéria, é importante destacar que desde 2004 (Taça Rio), o Vasco não é campeão sobre o Fluminense. A última vez que ambas equipes disputaram a final de um campeonato, o Fluminense acabou sendo campeão da Taça Guanabara 2012, onde na ocasião, o Vasco estava invicto no torneio.