[facebook]

sábado, 15 de abril de 2017

Será o fim do monopólio da Globo no futebol?!

Por FLUnômeno —

  • 14:56

    Foto: Reprodução TV Globo (Divulgação)
    Isso realmente eu não sei, mas o que posso entender que é o monopólio de transmissão da Globo está chegando ao seu fim. Talvez não seja agora, mas para os próximos anos... 

    Algumas circunstâncias colaboram para isso: primeiro o interesse de grandes canais internacionais querendo uma fatia desse mercado, como a FOX Sports, Esporte Interativo, entre outros. Também pesa o modelo de comissão pagos pela Globo, que ao meu ver, privilegiam Corinthians e Flamengo muito mais do que os outros times, faltando uma equalização, o que é injusto na minha opinião, e atrapalha o espetáculo. Sobre isso, alguns canais de TV na Europa mudaram seu sistema de distribuição de comissão entre os times, e os resultados foram satisfatórios.

    Nós temos a internet, as redes sociais e o Youtube. Com o passar dos anos, é bem capaz dos clubes brasileiros criarem suas próprias transmissões, de forma a receber um valor mais justo e 100% liquido dos anunciantes, sem intermediários (como um canal de TV). Coritiba e Atlético PR fizeram isto em 2017, e não demorará para outros clubes seguirem esta tendência nos anos seguintes...

    Segundo o Blog De Prima (portal Lance), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) solicitou ao grupo Globo a entrega de todos os contratos esportivos de seus canais (Sportv e Premiere), firmados com alguns operadoras de TV. Não vou dar muitos detalhes sobre esta operação, mas deixo o link desta reportagem, para que vocês possam acompanhar o caso


    Sinceramente, é MUITO caro pagar para assistir pelo futebol no Brasil e, se você não tem acesso a TV por assinatura, deve se contentar em assistir aquilo que os canais Globo passam para você, a não ser que você tenha um pouco mais de condições e assine o canal com o pacote de todos os jogos de futebol (Premiere FC), mas a maioria dos brasileiros não tem condições de tal privilégio, ainda mais com estes fortes tempos de crise, principalmente no Rio de Janeiro, que além de ser vítima da corrupção, paga altos tributos por causa das obras da Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016.

    Aqui no blog também já mostramos em Março desde ano sobre a reunião da Rede Globo com os dirigentes de clubes de futebol brasileiros sobre o novo modelo de cotas de TV, que propõe a ser mais igualitário.

    Será que veremos uma luz no fim do túnel?! Eu espero que sim... Monopólio não é bom em lugar nenhum!