[facebook]

sábado, 29 de abril de 2017

Em sete finais de Carioca, Abel só foi perdeu o título uma única vez

Por FLUnômeno —

  • 13:48

    Flu campeão sobre o Flamengo (Taça Guanabara 2017). Foto: Nelson Perez - Fluminense FC (Divulgação)
    Não sei se vocês sabem, mas Abel Braga também já foi jogador pelo Fluminense. Revelado pelo clube, se tornou profissional em 1971, ano do seu primeiro título Carioca. Como jogador, ele faturou quatro títulos (1971, 1973, 1975 e 1976). Já como treinador do clube, ele acabou faturando dois até o momento (2005 e 2012). Diante o Flamengo, nos dois próximos Domingos, Abel poderá ganhar seu sétimo título Estadual.

    Abel chegou a final do Estadual em sete ocasiões, e acabou perdendo o título apenas uma única vez: diante do próprio Flamengo, em 1972. Depois disso, desde que chegou a uma decisão de título, ele acabou sendo campeão pelo Fluminense, vejam.

    FINAL DO CARIOCA 1971: Fluminense 1 x 0 Botafogo*. Dia 27 de Junho de 1971.
    FINAL DO CARIOCA 1972: Fluminense 1 x 2 Flamengo. Dia 07 de Setembro de 1972.
    FINAL DO CARIOCA 1973: Fluminense 4 x 2 Flamengo. Dia 22 de Agosto de 1973.
    FINAL DO CARIOCA 1975: Fluminense 0 x 1 Botafogo. Acabou vencendo por maior saldo de gols.
    FINAL DO CARIOCA 1976: Fluminense 1 x 0 Vasco. Dia 03 de Outubro de 1976.
    FINAL DO CARIOCA 2005: Fluminense 3 x 1 Volta Redonda. Dia 17 de Abril de 2005.
    FINAL DO CARIOCA 2012: Fluminense 4 x 1 Botafogo (jogo de ida). Dia 06 de Maio de 2012.

    *Final não propriamente dita. Jogo mais importante que definiria o campeão, mas que particularmente não era uma final em si.

    Vendo os números, vimos que o Fluminense (com Abel Braga) VENCEU todos os seus rivais em alguma ocasião (Botafogo, em 1971, 1975 e 2012), Flamengo (1972) e Vasco (1976). Apenas o Volta Redonda (em 2005) acabou sendo um adversário considerado "pequeno" numa final contra o Fluminense.

    Como treinador do Fluminense, Abel Braga NUNCA perdeu título nas decisões do Estadual que disputou. Esperamos que esses números continuem. Sabemos que jogo é disputado no campo, mas as estatísticas talvez mostrem alguma coisa, apesar delas não ajudarem o Fluminense na disputa da final. Mesmo assim, esses números reforçam minha confiança neste título, que acredito com todas as minhas forças. Caso ele não venha, paciência. Só quero que o pessoal lute e continue com esse lindo futebol apresentado até aqui. Agora é decisão, não podemos de maneira alguma perder!